Blog do Folhateen

Grupo de Apoio

 

Segunda (21/12), no Folhateen

 


O dia “M”

E aí o que pensam e como agem as meninas quando chega a inesperada menarca – a primeira menstruação. E o que os garotos sabem sobre esse tema “para meninas”?

Beleza Cabeluda
Saiba quanto custa, quanto tempo dura e o que é cada tipo de “megahair” e de “dreadlock”

Moda Verão
A banda Restart anuncia o lançamento de single inédito e camiseta feita pelo guitarrista Koba em janeiro

Novo Iorc
O Folhateen entrevistou Tiago Iorc, 24, intérprete da música “My Girl”, que está na trilha da novela “Viver a Vida”

Gingapura
Saiba o que fizeram os brasileiros que foram a Cingapura para o “esquenta” dos Jogos Olímpicos da Juventude, que acontecem na cidade em 2010

Adão
O cartunista parte para o cordel e conta no verso e na rima a saga do herói Elói

Álvaro Pereira Júnior
Faz a seleção dos melhores e melhores de 2009

Jairo Bouer e Mayra Dias Gomes
Dão seu ponto de vista sobre a menstruação

 

Escrito por Tarso Araujo às 20h13

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

“É meio surreal”

O Folhateen entrevistou Dan (foto), 22, guitarrista da banda Cine, hoje à tarde. O papo foi sobre seu grupo estar lá no topo da lista dos 100 artistas mais acessados no MySpace. Ele se mostrou surpreso com o resultado e adiantou que a banda prepara a gravação de um DVD ao vivo, para lançamento no primeiro semestre de 2010.

Folha: Soube do resultado da lista de mais acessados do MySpace?

Dan:
Eu vi agora, fiquei impressionado também. Nem imaginava que era o mais acessado.


O resultado chegou a surpreender?

Dan:
Pra caramba, não imaginava que era assim. Tinha noção que era bastante, mas que tava em primeiro a gente não sabia.


Mesmo ganhando tudo que vocês ganharam esse ano?

Dan:
Ainda assim, porque em primeiro do MySpace é significativo pra caramba.

Sem o MySpace acha que vocês teriam conseguido tudo que conseguiram esse ano?

Dan: Com certeza, não. Porque essa foi a principal ferramenta de divulgação desde o começo.

E vocês ficaram na frente de bandas como Nx Zero e Fresno. Até da Lady Gaga e da Beyoncé vocês ganharam...

Dan:
É surreal, né? Ficar com uma visualização maior do que eles é meio surreal pra gente. A gente nem imaginava. Acho que é porque sempre divulgamos na internet. O dos outros é mais divulgado em rádio, e o nosso sempre foi 100% internet.


Vocês ainda comemoram quando ganham prêmio?

Dan:
Com certeza. Até quando a gente ganha rifa faz festa.


Reparou que teve muita banda nova nessa lista, como a Restart, que ficou em segundo?

Dan:
Essa nova geração começou a divulgar na internet e guia o público mesmo, que é quem escolhe o que ouvir, mais do que a mídia. A internet facilitou isso pra caramba. Agora a força está com o povo. Acho que isso é bom pra gente, porque até agora só foi bom pra gente. Só fortalece, e dá ma nova cara para o mercado.


Quer deixar algum recado para o público que ajudou vocês a conseguir esse resultado?

Dan:
Quero agradecer pelo público estar sempre com a gente em tudo que fazemos. Em votação, a gente pede ajuda eles nunca deixaram a gente na mão. Tudo que a gente ganhou esse ano foi graças a galera, é muito forte. VMB, Prêmio Multishow, Capricho Awards, Prêmio Jovem Brasileiro, foi tudo graças a galera que entra e bomba a votação.

Tem projeto de disco novo para o ano que vem?
Dan: Estamos produzindo um DVD.

Ao vivo?
Dan: Sim, vai ser ao vivo e terá umas quatro músicas inéditas e mais um monte de material bônus.

Previsão de lançamento?
Dan: Primeiro semestre de 2010.

E a gravação?
Dan: Vai ser em janeiro ou fevereiro.

Escrito por Tarso Araujo às 18h18

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

“A internet é um território livre”

Koba, Thomas, Pe Lanza e PeLuO Folhateen também falou com PeLu, 18, cantor e guitarrista do Restart (foto), sobre a colocação da banda no Top 100 do MySpace. Às 9h da manhã, ele ainda nem sabia que sua turma tinha ficado em segundo lugar na lista.

Folha:
Soube que hoje saiu a lista de artistas mais acessados do MySpace?
PeLu:
Não! Quando?

Folha:
Hoje, já está no ar. A Restart ficou em segundo.
PeLu:
Caraca, ficou em segundo?! P***, vou até falar para os meninos! (Ele sai do fone, solta uns grunhidos para alguém e volta a falar). Nossa, que demais! A gente tá indo para o estúdio gravar. Vou contar para eles.

Folha: O resultado chega a ser uma surpresa para você?

PeLu:
É uma surpresa sim. Com um monte de artista gigante, a gente conseguir o segundo [lugar] é incrível.

Folha: Pois é, vocês ficaram na frente de bandas de quem vocês são fãs, como NX Zero e Fresno, e até da Lady Gaga. Como é a sensação?

PeLu:
Isso é uma coisa que deixa a gente meio besta, tipo, caramba... A gente “pagou pau” para os caras, vimos um monte de show deles, tocamos músicas deles, e hoje estamos ali no mesmo ranking, com eles. Poxa, a Lady gaga, foi a artista do ano. É muito legal isso.

Folha: Vai comemorar?

PeLu:
Acho que vamos. Agora estamos indo gravar, talvez não dê tempo. Mas à noite, com certeza!


Folha: O que vocês vão gravar?
PeLu:
A gente tá indo gravar um single de verão. Vamos lançar uma camisa em edição limitada e quem comprar a camisa vai ganhar o single. Chama-se “Nosso Verão”. Já tem até algo para comemorar nesse verão!

Folha: A banda Cine ficou em primeiro lugar, o que acha disso?
PeLu:
Muito legal, também. E é muita banca também. Acho legal ter bastante artista novo ali no topo, é melhor para todo mundo. E acho que isso tende a aumentar. E o número de pessoas que já tem acesso a computador no Brasil ainda é muito pequeno. Então nos próximos anos o poder de fogo da internet vai aumentar muito. O que é bom porque a internet é um território livre. Da moral para a Lady Gaga e a Beyoncé, mas também para Cine, Restart e outros artistas novos.

 

Escrito por Tarso Araujo às 18h14

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Bandas teens dominam MySpace

TARSO ARAUJO

DA REPORTAGEM LOCAL

A banda Cine (foto) foi a mais ouvida pelos usuários do MySpace Brasil em 2009, como mostra a lista com os 100 artistas mais populares do portal, que o Folhateen mostra antes para você.

 

O grupo só fechou contrato com uma gravadora para lançar seu primeiro CD, “Flashback”, este ano, depois de conseguir notoriedade justamente na internet – fenômeno que já vem se tornando uma tendência.

 

O MySpace não divulga os números de audiência dos artistas no ranking, mas as músicas da banda tocaram mais de 3 milhões de vezes no portal e a grande maioria das execuções foi este ano, quando a banda estourou.

 

Os adolescentes da Restart (foto), outra banda de forte apelo entre o público jovem, conseguiram o segundo lugar.

 

E o público teen ainda colocou no Top 10 dois outros artistas que são hit entre o público dessa idade – Jonas Brothers (quinto) e McFly (décimo) –, deixando bem claro quem é que navega e ouve música de verdade no portal.

 

Para Túlio Magalhães, gerente comercial do MySpace Brasil, o domínio da audiência do site pelo público adolescente não surpreende, porque “é ele que cada dia que passa descobre uma banda nova no MySpace ou algo novo na internet”.

Território brasileiro

 

Outro dado que chama a atenção é a supremacia de artistas brasileiros na lista. Apenas três grupos internacionais estão entre os 10 mais ouvidos do site no Brasil – o Paramore é o outro, em oitavo no ranking.

 

De novo, nenhuma surpresa, mas uma indicação de que nossos artistas estão cada vez mais espertas.

 

“As bandas brasileiras estão trabalhando muito bem a internet para divulgar seu trabalho. Nos anos anteriores tivemos resultado semelhantes. A diferença é que agora mais da metade da lista é formada por artistas nacionais”, diz Magalhães.

 

Para ele, a grande novidade é a crescente democratização da lista. “A surpresa sem dúvida são artistas com estilos até então não muito populares ou fortes na internet como axé, gospel e sertanejo”.

 

Esses estilos ocupam o espaço de medalhões. Lady GaGa, um dos maiores fenômenos de mídia do ano, aparece apenas na 34ª.

 

Já Beyoncé, cuja “Halo” deve fechar o ano como a música mais executada nas rádios de Rio e São Paulo, ficou com uma modesta 56ª colocação.

 

O que mostra que, quando tem o direito de escolher o que quer ouvir, o público nem sempre acompanha o cardápio das rádios.

 

Confira, nos posts abaixo, a lista completa com os 100 artistas mais ouvidos no MySpace Brasil em 2009.

 

1º a 20º

21º a 40º

41º a 60º

61º a 80º

81º a 100º

Escrito por Tarso Araujo às 00h49

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

TOP 100 MySpace 2009

1 - Cine

2 - Restart

3 - Mariana Valadão

4 - Maria Gadu

5 - Jonas Brothers

6 - Hevo 84

7 - Mallu Magalhães

8 - Paramore 

9 - Breno Beat 

10 - McFly

11 - Marcello Corrêa e Castro

12 - Fresno

13 - NxZero

14 - Gloria

15 - Catch Side

16 - Replace

17 - Hóri

18 - Coyote

19 - André Valadão

20 - Rafael Barreto

Escrito por Tarso Araujo às 23h35

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

TOP 100 MySpace 2009 - 21 a 40

21 - Rosa de Saron

22 - Demi Lovato

23 - Strike

24 - Fake Number

25 - Stevens

26 - Marcelo Camelo

27 - Agnela

28 - Lady Gaga

29 - Hardneja Sertacore

30 - Mash

31 - Quarter

32 - Marina Lima

33 - Sugar Kane

34 - Pitty

35 - CW7

36 - Copacabana Club

37 - Bee Shop

38 - Tavares 

39 - AllStar 40

40 - Fuja Lurdes

Escrito por Tarso Araujo às 23h34

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

TOP 100 MySpace 2009 - 41 a 60

41 - Livres Para Adorar

42 - Never Shout Never

43 - Michael Jackson

44 - Tokio Hotel

45 - Oficina G3

46 - Bring Me The Horizon

47 - Little Joy

48 - Andre Matos

49 - www

50 - Dolls

51 - Avril Lavigne

52 - Scracho

53 - Bless The Fall

54 - Dead Fish 

55 - Tiê 

56 - Beyonce 

57 - All Time Low

58 - Jeffree Star

59 - Ruanitas

60 - Ashley Tisdale

Escrito por Tarso Araujo às 23h27

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

TOP 100 MySpace 2009 - 61 a 80

61 - Cachorro Grande

62 - Taylor Swift 

63 - Cordel de Fogo Encantado

64 - 2ois

65 - Detonautas Roque Clube

66 - Green Day

67 - Etna

68 - Vivendo do Ócio

69 - Black Drawing Chalks

70 - Justin Bier

71 - Cansei de Ser Sexy

72 - Marcelo D2

73 - Carta

74 - Mandrake

75 - Projota

76 - Céu

77 - Under Line

78 - Shake

79 - David Guetta 

80 - Madrre

Escrito por Tarso Araujo às 21h47

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

TOP 100 MySpace 2009 - 81 a 100

 

81 - Lily Allen

82 - Mv Bill

83 - LipStick

84 - Canal da Graça

85 - Believe

86 - Linkin Park

87 - Rodolfo Abrantes

88 - Fake 160

89 - DeadMau 

90 - MixTape

91 - Móveis Coloniais de Acajú

92 - Abril

93 - Granada

94 - Anderson Rock

95 - Zezé DiCarmargo e Luciano

96 - Katy Perry

97 - Ivete Sangalo

98 - Miyavi

99 - Slipknot

100 - Dead By Sunrise

Escrito por Tarso Araujo às 21h44

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Gênio do Ukulele

Não sei não, mas acho que esse baby vai conseguir mais fãs que o Jason Mraz com essa versão de "I'm Yours". Mesmo sem saber a letra.

Aliás, mesmo sem saber a letra, ele segura direitinho a plateia. O garoto leva jeito. Reparem só.

Escrito por Tarso Araujo às 13h19

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

MS lança campanha contra o crack

“Desculpe interromper o trânsito. Mas esse assunto não pode esperar. O crack causa dependência muito rápido.”

Com essa frase, o Ministério da Saúde (MS) lançaou hoje, nas ruas de Brasília, a Campanha Nacional de Alerta e Prevenção do Uso de Crack. A droga, derivada da cocaína, tem alto potencial para causar dependência - daí o slogan: "Nunca exoerimente o crack. Ele causa dependência e mata".

A última pesquisa sobre o uso da droga no país, publicada em 2005  pelo Cebrid (Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas), mostrou que 0,1% da população brasileira consome a droga.

Ano que vem, esses dados devem ser atualizados por uma nova pesquisa. A expectativa é de aumento do consumo, a julgar pelo aumento na apreensão de crack dos últimos anos.

Apenas de 2006 para 2007, a quantidade de crack confiscado pela Polícia Federal no Brasil mais do que triplicou, passando de 145 para 578 quilos.

Rádio, FM e televisão - e internet

Até o dia 20, a ação do MS no trânsito segue para outras nove capitais brasileiras. E a partir de amanhã a campanha também será veiculada em jornais e revistas, na TV, no rádio -- com um rap de 60 segundos -- e na internet.

Como tem feito em suas últimas campanhas, o MS vai investir em ações on-line, especialmente importantes para atingir o público jovem.

“Teremos uma campanha permanente, que começa hoje, e a partir de janeiro teremos ações on-line mais diversificadas, como um hotsite”, diz a coordenadora do Núcleo de Comunicação Interativa do MS.

A primeira etapa desse trabalho na internet já começou. Com profissionais do MS tirando dúvidas sobre a droga em fóruns e blogs na internet e divulgando o vídeo da campanha entre blogueiros.

O Folhateen também participa dessa campanha. Veja abaixo o filme que será exibido a partir de amanhã em campanha nacional.

 

Escrito por Tarso Araujo às 17h58

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O menor homem de neve do mundo

(Crédito: Divulgação)O Natal vem chegando e os cientistas do National Physical Laboratory, no Reino Unido, resolveram entrar no clima fazendo esse boneco de neve aí do lado.

Como eles são físicos, não se trata de um boneco de neve qualquer, mas o menor do mundo.

Feito com técnicas de nanotecnologia, seu corpo tem duas bolinhas de estanho empilhadas com a altura de 10 micrômetros - um quinto da espessura de um fio de cabelo humano.

No lugar da cenourinha do nariz, uma bolinha de platina. Os olhos e o indefectível sorriso foram riscados no estanho com um feixe de íons. Poético -- e totalmente “geek”.

Para o cenário, eles ainda fizeram uma árvorezinha de silício, mas ela era gigante: mede o equivalente à espessura de meio fio de cabelo.

Esse vídeo mostra os equipamentos usados e uma escala do tamanho dos mimos.

Os mais chatos podem argumentar: “Ele não é exatamente um boneco ‘de neve’”. Certo. Até porque seria impossível fazê-lo com essa matéria prima: os menores cristais de neve têm cerca de um milímetro -- 100 vezes maior que a obra dos físicos ingleses.

Você deve estar se perguntando: "Será que eles não tinham mais o que fazer, como uma festinha de fim de ano?" Qual a utilidade disso?

Cientificamente, nenhuma. Mas é uma espécie de demonstração do que a ciência já é capaz de fazer com a nanotecnologia.

Se dá para fazer um boneco de neve desses, imagine o que se poderá fazer no futuro com seu MP3 player ou seu computador.

Escrito por Tarso Araujo às 13h09

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

BARBIXAS COBREM FÉRIAS DO CQC NA BAND

TARSO ARAUJO
DA REPORTAGEM LOCAL

O trio de humoristas do Barbixas (Divulgação)O grupo teatral Barbixas substituirá o CQC na programação da Band, durante as férias do programa de Marcelo Tas, em janeiro e fevereiro, com o programa “É Tudo Improviso”.

A trupe é hit no Youtube com cenas de seu espetáculo “Improvável” _o canal dela é o segundo mais visto do Brasil, com mais de 100 milhões de visualizações_ e ficou famosa na TV ao coestrelar neste ano o programa “Quinta Categoria”, ao lado de Marcos Mion na MTV.

O novo programa estreia 11 de janeiro e será gravado amanhã (16/12), com direção de Tadeu Jungle e a participação especial de Marco Luque, apresentador do CQC. O segundo terá participação da humorista e drag queen Nany People.

Em seu blog, o trio de humoristas do Barbixas diz que o programa terá “jogos famosos, jogos inéditos, uma banda ao vivo, elenco de amigos, produção de ponta e num horário com um público acostumado com coisa boa”.

A Band confirmou a atração por meio de sua assessoria de imprensa. No entanto, a emissora não poderá divulgar o programa até 31 de dezembro, quando expira o contrato dos artistas com a MTV.

Escrito por Tarso Araujo às 17h00

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Pandeiro hype

Pagode sai de rodas restritas, conquista fãs que não usam corrente dourada e vira tema de festas "trash" e "revival"

BRAULIO LORENTZ
COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

O boné é de aba reta. A bermuda quase beija o chão. O visual de fãs de grupos de pagode muitas vezes não bate com o estereótipo imaginado.

A manjada corrente dourada, que integrantes de bandas como Sorriso Maroto usam, aparece no pescoço de um monte de seus fãs, mas não no de Fernando Trovões, 14.

Para ir ao show de aniversário do Exaltasamba, no mês passado, ele convocou amigos e encheu um dos camarotes do Credicard Hall, em São Paulo.

"Ouço mais pagode quando estou triste, por causa das letras. Elas empolgam e me deixam melhor", explica o garoto.

Numa semana, Fernando pode ser visto ensaiando passinhos no show do Inimigos da HP; na seguinte, é encontrado balançando a franja ao som do pop rock do Restart.

"Os públicos são bem diferentes. Pagode é mais legal do que rock, tem menos drogas e brigas", compara.

Larissa Lima, 13, opta por misturar estilos quando está ouvindo música no computador: vai dos sertanejos românticos Zezé di Camargo & Luciano ao pop mexicano do RBD, com parada obrigatória -e demorada- no pagode.

Pagodear é um verbo que, garante ela, nunca saiu de moda.

"Quando fazemos churrasco, quase sempre toca pagode. As músicas são viciantes, você escuta uma vez e já sabe cantar tudo", conta Larissa, que vai aos shows e às baladas acompanhada pela irmã mais velha, Amanda, 16.

Roqueiros ou pagodeiros?

Para cair no samba, não importa se você acha o vocalista do Cine (DH) mais gato do que o do Exaltasamba (Thiaguinho), como é o caso de Paula Soares, 16. Até porque ela entrega que tem amiga que pensa o contrário.

Por mais que Paula só pendure pôsteres do McFly, do Cine e do Quarter em seu quarto, tem facilidade para decorar os refrões embalados entre uma paletada e outra no cavaquinho.

"Eu sei que são bandas bem diferentes, mas não me importo com isso", esquiva-se.

Entre Jonas Brothers e Exaltasamba, responde na lata que prefere os donos de hits como "Me Apaixonei pela Pessoa Errada" e "Abandonado", do verso "despreparado, meu coração dá pulo perto de você".

É por essas e outras (letras de música) que Fernando não teve dificuldades para escolher a melhor trilha para os momentos de fossa.

Da mesma maneira, Emerson Lopes, 17, destaca as letras como principal motivo para cair no pagode.

A preferida é "Livre pra Voar", do Exaltasamba, sobre um homem com cara de santinho que pretende dar amor para sua pretendente. Mas não fidelidade, como assegura o refrão: "Eu prometo te dar carinho, mas gosto de ser sozinho".

Na hora de indicar qual é a melhor pedida para encontrar garotas bonitas, o pandeiro vence a guitarra.

Para Emerson, as pagodeiras "se vestem muito melhor". "Elas são mais normais, não tem aquele estilo novo do rock, com tudo colorido. Prefiro as meninas do pagode, são mais brasileiras", define o rapaz, que usa "alargadores" de orelha.

Pagode "pride"

Emerson foge o quanto pode das meninas que adotam o "look" flúor nas roupas e as mechas coloridas no cabelo, mas não do rótulo de pagodeiro, que nada incomoda frequentadores de baladas e de shows do gênero, sempre bem cotado nas paradas de sucesso.

"Comecei a gostar primeiro de Exalta[samba], que é mais tradição. Lembro da minha mãe ouvindo", recorda Emerson.

Como atesta uma das letras entoadas por outra banda do gênero, o Katinguelê: "A rapaziada sabe que o cavaco não pode faltar".

Ex-críticos do gênero agora
o revisitam em festas e na web

Ele sempre esteve entre os gêneros mais executados pelas rádios e na programação de casas de show.

Mas, agora, o pagode dá pistas de que vai pegar outra onda: a do "revival", a mesma que trouxe à baila bizarrices e modismos dos anos 80 em festas, em almanaques e afins.

"Quem curtia um pagodão nos anos 90 podia ter vergonha disso, mas agora está mais velho, já não liga mais. O pagode tem potencial para virar modinha como as festas "trash'", sentencia Túlio Pires Bragança, autor das "Pagode Versions", que já foram vistas mais de 150 mil vezes no YouTube. Nos vídeos, Túlio faz versões em inglês dos maiores hits "noventistas" do estilo.

Pegando carona no "hype" pagodeiro, já existem sites, podcasts, festas e mobilizações no Twitter para pagar tributo ao gênero que moldou a infância de uma geração.

No Rio, três amigos criaram a No Rock, Yes Pagode, festa que dá os primeiros passos na Casa da Matriz, reduto de eventos mais versados em indie rock.

"Todo o mundo da nossa idade tem um pezinho no pagode. O sertanejo só não volta porque não é dançante", arrisca a jornalista Bruna Senos, 24, uma das idealizadoras.

Parceiro de Bruna na festa, o comediante Ronald Rios, 21, acha muita graça dessa "abordagem irônica" do pagode. "A verdade é que a turma entra na piada e acaba se emocionando quando entoa os hinos de Exaltasamba e de Soweto." (BL)

Escrito por Tarso Araujo às 09h24

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Segunda, no Folhateen

 

Mudança Forçada – Yauery, 20, está no Brasil porque sua Angola natal estava em guerra. Ana, 21, e Helena, 23, vieram da antiga Iugoslávia pois seu pai era ameaçado pelo Exército. As colombianas Yessica, 20, e Yira, 22, chegaram fugidas do terrorismo. Como vivem, se adaptam e o que sentem teens refugiados no país.

 

Cortar, Vender, Faturar – Aproveita o calor etíope que faz em SP e conheça casos de quem vendeu o cabelo e, com a grana, comprou celular, saiu de balada ou guardou para tempos cabeludos...  

 

300 de Catanduva – Alunos da rede pública leem até 300 livros por ano, no interior de SP. Alguém aprende traçando tantas páginas em tão pouco tempo?

 

Pandeiro Hype – Pagode sacode galera que gosta de outros sons e ganha festas ‘cool’, além de versões hilárias em “gringolês” na rede.

 

Amigo Culto – Scracho, Katy Perry, Rihanna, Kiko Loureiro, Mel C., Mallu Magalhães, 50 Cent, Wnader Wildner... O Folhateen testou uma batelada de CDs e DVDs de música que chegam ao mercado e te conta o que vale dar para o seu amigo secreto, e o que você só deve comprar pro inimigo declarado

 

02 Neurônio – Você pode tentar fugir das festas de fim de ano e da sua idade, mas eles são “stalkers” e vão correr atrás... 

 

Allan Sieber - te ensina a enlouquecer seus pais com garbo, graça e elegância...

Escrito por Equipe do Folhateen às 15h22

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Debora Teicher, batera do Scracho, fala

 

Se tudo der certo, Debora Teicher só vai usar o canudo do diploma de engenharia de produção que está prestes a receber para... tocar bateria.

 

Baterista do Scracho há três anos, a carioca de 23 anos foi considerada a melhor instrumentista do Brasil no Prêmio Multishow deste ano e dá conta do microfone sem largar as baquetas. Leia a entrevista, feita por telefone, com a discípula da escola Karen Carpenter de bateria.

 

 
Debora com Diego Miranda (voz e guitarra), Gabriel Leal (guitarra) e Caio Corrêa (baixo): o Scracho (Foto Divulgação)

FOLHA - Desde quando toca bateria?
DEBORA TEICHER -Desde os 12 anos. Foi logo o primeiro instrumento. A bateria foi a primeira coisa que me pegava. Hoje em dia, tento alguns outros, mas nada a sério...

 

FOLHA - Toca mais o quê?
TEICHER - Toco um violão bem básico, sei algumas notas... E também instrumentos de percussão, que são meio próximas à bateria.  

FOLHA - Qual som te levou para a bateria, aos 12 anos?
TEICHER - Aos 12 anos, eu escutava bastante Hanson, lembra deles? Hahahaha! Logo em seguida, acabei começando a ouvir Legião Urbana, Green Day, Nirvana... Coisa boa.

FOLHA - E hoje, que som faz a sua cabeça?
TEICHER - Ah, muita coisa: Pearl Jam, reggae, The Cat Empire [banda de dub australiana]...  

FOLHA – Você é mais chegada em reggae ou em rock?

TEICHER - Eu gosto muito de reggae. Não sei se gosto mais de reggae ou de rock. Reggae é bem agradável... Ouve os Easy Star All-Stars, por exemplo: eles recém-fizeram versões dos Beatles e ficou ótimo!

 


A banda, que lança CD e DVD ao vivo, mostra suas 'armas' (Foto Divulgação)

 

FOLHA - O reggae é a pegada do Scracho?
TEICHER - O gosto de todo o mundo da banda é meio comum, entre o reggae e o rock. A gente não quis se restringir e nem deixar de tocar algo de que a gente gosta. A gente gosta mesmo de um ponto até o outro.

 

FOLHA - Como foi ser a instrumentista do ano no Prêmio Multishow deste ano?
TEICHER - Foi incrível! Eu não estava esperando. Já fiquei muito, muito surpresa com a indicação. Eu estava lá, sentadinha, feliz de ter sido indicada e... Acabei ganhando, foi a melhor surpresa! Tem tudo a ver com os fãs da banda, que têm tudo a ver com as conquistas do Scracho – afinal, era um prêmio decidido pelo voto. 

 

FOLHA - Você estuda?

TEICHER - Faço aula de bateria e estou me formando em engenharia de produção agora... Mas agora não tenho nenhuma intenção de trabalhar com isso. É um plano B, caso eu tenha que trabalhar com outra coisa, mas por enquanto o diploma fica na parede, bonitinho.

FOLHA - Cantar e tocar bateria ao mesmo tempo é fácil?
TEICHER - É muito difícil! Todos os momentos em que eu tenho que cantar e tocar ao mesmo tempo, presto muita atenção. É a voz que dá tom à música. É a maior “responsa” que tenho. Quero começar a fazer aula de canto no ano que vem. É uma coisa de que eu gosto muito, mas não tenho planos de largar a bateria. Não vai ter como cantar e não tocar, porque a banda precisa de baterista...

FOLHA – E a pressão de cantar “A Menina Dança”, que foi cantada pela Baby do Brasil há 30 anos e ganhou há dez versão da Marisa Monte?
TEICHER - As duas são incríveis cantando essa música! Quando a gente estava montando o repertório do DVD, a gente queria um cover que ficasse legal com a gente cantando. A gente escuta muito Novos Baianos. Valia a pena arriscar, por mais que as gravações da Baby e da Marisa Monte sejam fantásticas!

FOLHA - A banda mora junta, tipo uma comunidade hippie que nem a dos Novos Baianos?
TEICHER - Nãããão. Eu moro com a minha irmã. Hoje em dia, a gente alugou uma casinha em Botafogo, no Rio, e montou um estúdio para se reunir e ensaiar. Não é um estúúúúdio, é o que dá...

FOLHA - Séquito masculino quer saber: você namora?
TEICHER - Eu namoro. Namoro há dois anos.

 

Escrito por Equipe do Folhateen às 14h40

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Blog do Folhateen O Blog do Folhateen é o espaço de interação da seção publicada no caderno "Ilustrada", às segundas-feiras, e escrito pelos jovens que fazem parte do grupo de apoio.
Twitter RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.