Blog do Folhateen

Grupo de Apoio

 

E se?

Eu li em algum lugar que a maior lamentação do homem é imaginar o que poderia ter acontecido.

Se desapontar, machuca. Ter que conviver com um erro é difícil. Mas ter que acordar todos os dias e se perguntar o que teria acontecido se você tivesse dito sim... É um martírio.

Onde você estaria? Com quem estaria? Como estaria? Melhor que agora? E se você estivesse melhor do que agora? Existe como voltar e descobrir?

Não, não existe. Erros podem ser consertados. Corações podem ser remendados. Mas você não pode voltar no tempo e descobrir o que teria acontecido se tivesse feito outra escolha.

Não fazer uma escolha por medo de se machucar --quando existem várias chances de tudo dar certo-- não pode ser a escolha certa. Porque eu conseguiria viver com qualquer coisa, menos com uma pergunta...

Por Mariana David

Visite o site do Folhateen!

Escrito por Mayra Maldjian às 15h55

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Fraqueza da oposição

Com o resultado das últimas eleições realizadas ano passado, os partidos da oposição, liderados pelo PSDB, estão enfraquecidos. No último dia 10, a revista The Economist, referência na área econômica e política mundial, analisou a atual conjuntura da política brasileira e afirmou que o PT, quando estava na oposição, era forte, diferentemente do PSDB.

A revista também relata que o PT é um partido voltado para os mais necessitados, diferente do PSDB, que "sempre foi um clube de tecnocratas brilhantes do que uma organização de massas". Não sei se isso é verdade, mas sei que essa fraqueza toda é resultado de pequenos egos inflados e rachaduras desnecessárias que afundam cada vez mais. Vejamos um exemplo: Aécio Neves, ex-governador do estado de Minas Gerais e com um eleitorado gigantesco, se recusou a ser vice de José Serra na corrida pela presidencia por não aceitar ser ator secundário nessa "peça". Tal pretensão foi afundada mais ainda quando após a derrota, José Serra discursou que ainda lutaria pelas possíveis eleiçoes seguintes.

Recentemente, vereadores e o atual ministro do esporte do estado de S.Paulo Walter Feldman, que é um dos fundadores do partido, anunciaram suas saídas. Feldman disse que o motivo foi resultado do desconforto com o aniquilamento da melhores lideranças do partido.

Não estou sendo partidário de nehuma parte. Apenas estou explicando a situação atual. O grande problema é que todo país precisa da situação e da oposição para funcionar. Caso contrário, se apenas houver uma situação, torna-se uma monopolização do poder, que pode resultar em mais um ditadura para o país, ou seja, um retrocesso no progresso do Brasil.

É bom os líderes da oposição abaixarem os egos e se preocuparem mais com o país do que com si próprios, senão teremos um mudança absurda na política brasileira. E quem garante que isso renderá frutos?
 
 
Por Rodolfo P. Vicentini

 

Visite o site do Folhateen!

Escrito por Mayra Maldjian às 15h49

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Blog do Folhateen O Blog do Folhateen é o espaço de interação da seção publicada no caderno "Ilustrada", às segundas-feiras, e escrito pelos jovens que fazem parte do grupo de apoio.
Twitter RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.