Blog do Folhateen

Grupo de Apoio

 

“Pterodátilos” [2]

Se você gosta do humor negro apresentado pelos consagrados irmãos Cohen, das bizarrices do filme “The Rocky Horror Picture Show” e de atores travestidos, então você pode ter certeza de que “Pterodátilos”, tragicomédia em cartaz no Teatro FAAP, foi feita para você.

O pai lamenta pelo passado, a mãe é alcoólatra e hipocondríaca, a filha adolescente de quinze anos vai casar-se com o namorado e o irmão mais velho retorna à casa da família com a notícia de ser portador do vírus HIV.

Embora a sinopse pareça um drama, o espetáculo trata desses assuntos com um humor negro impecável para o público rir da desgraça alheia, ainda mais com Marco Nanini no papel da filha e do pai. Sem grandes atores em cena e a excelente direção de Felipe Hirsch, o espetáculo não seria o que é: brilhante!

Com críticas fortes à alta sociedade e um cenário inovador, “Pterodátilos” é perfeito para quem busca algo diferente e imperdível para quem gosta de histórias “non-sense”, com humor ácido e roteiro inteligente.

Por Felipe Gonçalves Guimarães

Visite o site do Folhateen!

Escrito por Mayra Maldjian às 18h16

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

O neo soul

Há mais de um mês, saiu na Ilustrada uma matéria sobre as novidades do soul, com uma retrospectiva muito legal do legado musical que esse estilo de música carrega.

Cantoras como Amy Winehouse demonstram todo seu poder de voz em álbuns de voz surpreendente, com seu jeito imprevisível e encantador que todos nós conhecemos por estar sempre nas manchetes dos jornais. Mas alguns vem se destacando no cenário musical...

Janelle Monáe, Cee Lo Green e Mayer Hawthorne são os exemplos norte-americanos de sucesso musical, com um estilo mais pop. Janelle já veio ao Brasil com pouco tempo de carreira, para se apresentar no Summer Soul Musica Festival, junto com a Amy. E, como previsto, foi tratada como qualquer uma e surpreendeu com um show histérico.

Já seus conterrâneos, Mayer Hawthorne e Cee Lo não mandaram tão bem assim, apesar de suas ótimas composições. O erro de Mayer foi querer muita atenção no mesmo festival de soul, e não recebê-la em troca. E Cee Lo pecou em cancelar a sua participação no Urban Music Festival, ocorrido no final de maio (que tive sorte de não comprar, economizei dinheiro).

Mas com certeza, a sensação do momento é uma britânica, Adele. Com uma voz incrível, ela se manteve por várias semanas à frente da parada britânica, hoje perdendo somente para a Mother Monster. Um dos seus hits é “Rolling In The Deep”. O vídeo, você vê abaixo:


Em futuros posts, pretendo mostrar a representante brasileira do neo soul, com direito a entrevista e tudo... Essa promete! :)

Por Lucas Marini

Visite o site do Folhateen!

Escrito por Mayra Maldjian às 12h27

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Esqueça o "Tony Awards"

No penúltimo domingo, 12 de junho, foi o Dia dos Namorados. Mas, para quem gosta de teatro, o dia feito para os casais foi substituído por outro grande evento: o “Tony Awards”. Vulgarmente falando, o “Tony Awards” é a principal premiação do teatro, assim como o Oscar é para o cinema (lembrando que hoje o “Tony Awards” é voltado principalmente para os musicais). Mas eis a questão: quem sabe disso no Brasil? Poucas pessoas, normalmente fãs.

Desconheço qualquer canal de televisão que tenha exibido a premiação na íntegra, embora eu tenha procurado. A mídia mostra tantos prêmios “pipocas”, entre eles o famoso “MTV Awards” --que hoje em dia nem é tão relevante como antigamente (a saga “Crepúsculo” ganha tudo)--, que acaba se esquecendo das premiações clássicas, fazendo delas pequenos recortes ou menções. Só quem tem TV a cabo se safa.
 
E quem quer assistir a toda a premiação do “Tony Awards”? Como faz?  Afinal, o mercado do teatro musical não está crescendo no Brasil? Não temos várias peças (e limitados CDs) de já consagradas empresas e diretores, como a T4F, a dupla Möeller&Botelho, Jorge Takla, Miguel Falabella e tantos outros? Fazer um musical já é difícil (financeiramente), CD então... E assistir a premiações nacionais? Só em sonho! Afinal, são tantas premiações banais feitas pelas grandes empresas que as mais sérias nem recebem o destaque que merecem.

Pode não ser relevante para quem não gosta ou se importa com isso, mas um dos grandes problemas que os fãs de musicais enfrentam no Brasil é exatamente a falta de CDs. A fabricação e a distribuição deles é cara, o que resulta em gravações ilegais e normalmente de baixa qualidade, mas que são feitas apenas para matar a saudade das peças, dos atores e do trabalho dos diversos artistas que apreciamos quando vamos ao teatro.

Será que o governo deveria patrocinar a realização desses CDs como defesa de um patrimônio cultural? Quem sabe? Afinal, apesar de a obra não ser nacional, as versões brasileiras não são uma cultura própria do nosso país?

Embora existam propagandas e eventos pró-teatro, como os famosos “Vá ao Teatro” e “Festa do Teatro”, o mercado de musicais ainda precisa crescer. Já temos os atores, diretores, equipes técnicas, patrocinadores e excelentes teatros. Resta agora fechar esse pacote com um “valor social” e apreciação da mídia, sem falar que em muitas das vezes, a qualidade da montagem brasileira consegue superar as obras originais.

Por Felipe Gonçalves Guimarães


Visite o site do Folhateen!

Escrito por Mayra Maldjian às 12h16

Comentários () | Enviar por e-mail | PermalinkPermalink #

Ver mensagens anteriores

PERFIL

Blog do Folhateen O Blog do Folhateen é o espaço de interação da seção publicada no caderno "Ilustrada", às segundas-feiras, e escrito pelos jovens que fazem parte do grupo de apoio.
Twitter RSS

BUSCA NO BLOG


ARQUIVO


Ver mensagens anteriores
 

Copyright Folha.com. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha.com.